Topo

21 Fevereiro 2018 7:12 am

Disputa por MT ganha forma

Disputa por MT ganha forma

Faltam mais de um ano para eleições de 2018. O pleito está marcado para outubro do próximo ano. Muita “água ainda deve passar por debaixo da ponte”, mas o desgaste do governador Pedro Taques (PSDB) está gerando grande movimento de grupos. Alguns de dentro do próprio governo, apostam que se taques não decolar o último semestre de 2017 dificilmente será candidato a reeleição.

 

Este é caso do PSB. O partido já não disfarça que pretende lançar um candidato. Os mais cotados seriam o ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes e o deputado federal Adilton Sachetti. Nos bastidores, o nome favorito é Sachetti, que tem apoio maciço do agronegócio.

 

A oposição pretende lançar pelo menos dois nomes de peso. Neste cenário, especula-se pelo PR o senador Wellington Fagundes. O PMDB também está no páreo. A chapa seria encabeçada pela deputada estadual Janaína Riva, apontada como a grande revelação da política de Mato Grosso. Os projetos ainda podem caminhar na mesma estrada. As famílias Fagundes e Riva estão cada vez mais unidas.

 

Gazeta MT/Primeira Hora

Postagens Relacionadas

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *