Topo

16 dezembro 2017 9:23 pm

Saiba cinco dicas para retardar a ejaculação do parceiro e fazer o sexo durar mais

Saiba cinco dicas para retardar a ejaculação do parceiro e fazer o sexo durar mais

De acordo com uma pesquisa da Universidade de Utrecht com base nos costumes de alguns países, a duração média do sexo entre os casais é de 5,4 minutos . Entretanto, esse tempo algumas vezes pode não ser suficiente para ambos do casal cheguem ao orgasmo. Em alguns casos, vale lançar mão de técnicas ajudam a retardar a ejaculação do homem para o sexo dure mais.

Retardar a ejaculação pode ser uma ajuda e tanto para que a mulher chegue ao ápice do prazer porque homens e mulheres normalmente tem um “timing” diferente na cama. “O que acontece é que geralmente o orgasmo feminino demora um pouco mais para chegar, então é importante haver um esforço para que não seja só o homem saia satisfeito”, afirma a especialista em sexualidade e colunista do Delas, Cátia Damasceno.

Criadora do programa Mulheres Bem Resolvidas, Cátia destaca existem tipos de gel ou camisinha que fazem com que o homem demore mais a ejacular, mas na coluna desta semana ela monta uma lista com técnicas naturais para usar nesse momento. E o divertido que é as mulheres podem ajudar os parceiro no processo. “O importante é evitar que ele seja rápido demais”, diz Cátia.

Veja 5 dicas da especialista:

1. Exercite o PC

Segundo a Cátia, que também é fisioterapeuta especializada em uroginecologia, a região do órgão sexual é fortalecida pelo músculo pubococcígeo, chamado apenas de PC. “Tanto o homem quanto a mulher que quer ter um sexo mais duradouro e orgasmos melhores precisa exercitar esse músculo”, conta. Segurar o xixi, mover o pênis ereto para baixo e para cima, e repetir o movimento de contração máxima da uretra e do ânus 20 vezes são ideias de como exercitar esse músculo.

2. Mude a posição

Além de sair da mesmice, mudar a posição durante o ato sexual tende a aumentar o tempo de duração da transa. Segundo Cátia, as diferentes posições promovem estímulos diferentes e evitam que o gato dê aquela “espirrada repentina”. “E fora que só o tempinho de mudar de posição já pode ajudar a dar uma acalmada no amigão do parceiro”.

3. Fique por cima

Cátia também explica que, quando a mulher está por cima, a sensibilidade no pênis pode ser reduzida. “Geralmente, isso acontece quando a mulher fica por cima com as costas eretas e relaxadas, colocando pressão sobre a pélvis dele”, detalha.

 

4. Mantenha uma vida saudável

Cátia Damasceno também lembra algo básico, mas que passa despercebido para muitos: exercícios físicos e alimentação saudável ajudam na relação sexual e podem aumentar o tempo de duração da transa. “O corpo mais acostumado com exercícios físicos fica mais preparado para aguentar as atividades intensas do sexo”, conta, reforçando que má alimentação e hábitos ruins, como o excesso de álcool e cigarro, tendem a piorar o desempenho sexual.

5. Desfrute sem foco no orgasmo

Por fim, Cátia alerta que apenas o fato de a transa não ser feita às pressas já ajuda muito. “Pare de se desesperar pelo orgasmo, ele é maravilhoso, mas deve ser natural”, afirma a especialista. “O sexo precisa ser desfrutado e se tornar um momento de diversão, então abuse das preliminares e se doe para seu parceiro enquanto ele se doa para você”, completa.

 

Gazeta MT/IG

Postagens Relacionadas

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *