Topo

21 Fevereiro 2018 7:13 am

Vídeo mostra deputado extorquindo filho de Silval para ‘aliviar’ CPI; ver vídeo

Vídeo mostra deputado extorquindo filho de Silval para ‘aliviar’ CPI; ver vídeo

Um vídeo gravado pelo filho do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), o médico Rodrigo Barbosa, mostra o deputado estadual Wagner Ramos (PSD) suspostamente negociando propina a deputados para ‘minar’ a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que investigava desvio de dinheiro público nas obras da Copa de 2014.

A gravação, feita no escritório de Rodrigo, no dia 19 de julho de 2016, em um edifício da Avenida do CPA (Historiador Rubens de Mendonça), foi entregue à Procuradoria-Geral da República (PGR) como parte do acordo de delação premiada da família Barbosa.

Nas imagens, Wagner Ramos aparece suspostamente escrevendo valores da propina que seria paga aos membros da CPI. Segundo Rodrigo Barbosa, o valor anotado pelo deputado foi de R$ 5 milhões.

“Oscar Bezerra [à época, presidente da comissão da Copa] tendo este solicitado inicialmente a Silval Barbosa valores altos, no montante de R$ 15 milhões. Ainda em tratativa com Silval Barbosa, Oscar Bezerra baixou o valor da propina para R$ 10 milhões. (…) O declarante [Rodrigo] explicou toda a tratativa e os altos valores envolvidos, o que tornava impraticável, momento em que Wagner Ramos tomou a caneta, fez um corte no valor de 10 milhões e anotou o número 5, no documento que o declarante entrega nesta oportunidade; que Wagner Ramos prometeu que conversaria com o “pessoal” e que depois retornaria”, destaque trecho do documento.

Na delação premiada consta ainda um segundo encontro entre o filho de Silval e o deputado Wagner Ramos, que ocorreu no dia 26 de julho de 2016. Desta vez, o deputado demonstra nervosismo.

O parlamentar, segundo Rodrigo Barbosa, disse que conversou com o pessoal e que chegou a um valor de R$ 7 milhões. “O que deu a entender que era para dividir com os membros da Comissão”.

 

Veja a íntegra do diálogo no vídeo obtido pelo site O Livre:

 

 

Gazeta MT/Repórter MT

Postagens Relacionadas

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *