Topo Governo

23 outubro 2017 2:01 pm

Campo Novo do Parecis, Sorriso, Lucas do Rio Verde e Sapezal têm até o sábado para destruir os restos culturais

Campo Novo do Parecis, Sorriso, Lucas do Rio Verde e Sapezal têm até o sábado para destruir os restos culturais

Os produtores de algodão dos municípios que integram os núcleos regionais Médio Norte, Norte e Noroeste – regiões de Campo Novo do Parecis, Sorriso, Lucas do Rio Verde e Sapezal, respectivamente – têm até o sábado (14/10)  para concluir a destruição dos restos culturais do algodoeiro.

A partir de domingo (15/10) começará o período de vazio sanitário nos municípios que integram a Região II, de acordo com a Instrução Normativa Conjunta Sedec/Indea-MT nº 001/2016, que dispõe sobre medidas fitossanitárias para controle do bicudo-do-algodoeiro em Mato Grosso. A legislação vigente dividiu o estado em duas grandes regiões no que diz respeito ao calendário de plantio do algodoeiro e ao vazio sanitário, período caracterizado pela ausência de plantas com risco fitossanitário e restrição de plantio.

Na Região I, integrada por municípios dos núcleos regionais Centro, Centro Leste e Sul (regiões de Campo Verde, Primavera do Leste e Rondonópolis, respectivamente), o vazio sanitário foi iniciado em 1º de outubro e terminará em 30 de novembro. A semeadura da safra 2017/2018 está autorizada a partir de 1° de dezembro. No caso da Região II, o termino do vazio acontecerá em 14 de dezembro e o plantio da próxima safra poderá ser iniciado no dia 15.

 

Gazeta MT/SF Agro

Postagens Relacionadas

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *