Topo

21 Fevereiro 2018 7:14 am

Atirador invade igreja nos Estados Unidos e mata 26 pessoas

Atirador invade igreja nos Estados Unidos e mata 26 pessoas

Um homem abriu fogo dentro de uma igreja batista no estado americano do Texas neste domingo, matando 26 pessoas, confirmou o governador do Texas, Greg Abbott. O ataque foi em Sutherland Springs, uma comunidade de 640 habitantes localizada a 50 km de San Antonio. Segundo o governador, este foi o maior ataque a tiros na história do Estado.

As declarações de Abbott foram feitas durante uma coletiva de imprensa neste domingo, horas após o ataque à igreja. As vítimas tinham entre cinco e 72 anos de idade. Segundo informou a imprensa local, o atirador foi morto pela polícia após uma perseguição pelas localidades, e o porta-voz da polícia Robert Murphy declarou não saber ao certo se ele foi atingido pelas autoridades ou cometeu suicídio.

O ataque aconteceu na Primeira Igreja Batista em Sutherland Springs, uma pequena comunidade a 50 quilômetros a sudeste de San Antonio, segundo relatos. Pessoas no local disseram que o atirador entrou na igreja pouco antes do meio-dia, por volta das 11h30 (hora local), e abriu fogo. Testemunhas afirmaram que cerca de 50 pessoas costumam aparecer nesse horário no culto matinal. Uma criança de dois anos está entre os feridos, informou o site Dallas Morning News.

“Há muitos mortos e muitos feridos”, anunciou o comissário do condado de Wilson, Albert Gamez Jr., conforme a NBC. Uma porta-voz do Connally Memorial Medical Center, nos arredores de Floresville, disse à Fox News que “recebemos pacientes do tiroteio”, sem detalhar a quantidade. Helicópteros e equipes de emergência chegaram à cena do crime, e agentes do Escritório de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos estavam se dirigindo para o local, declarou o órgão.

Este tiroteio ocorre apenas um mês após um atirador em Las Vegas matar 58 pessoas e ferir centenas durante um festival de música a céu aberto. E acontece dois anos depois que o supremacista branco Dylann Roof entrou em uma igreja historicamente frequentada por fiéis afro-americanos em Charleston, na Carolina do Sul, e matou nove pessoas.

Em viagem pela Áustria, o presidente norte-americano Donald Trump postou no Twitter um comentário sobre o tiroteio: “Que Deus esteja com as pessoas de Sutherland Springs. Estou monitorando a situação aqui do Japão”.

Sutherland Springs tem cerca de 400 moradores. O governador do Texas, Greg Abbott, também falou na rede social sobre o ataque: “Nossas orações estão com aqueles machucados por este ato maligno. Nossos agradecimentos aos agentes da lei por sua resposta. Mais detalhes em breve”.

 

 

Gazeta MT/EM

Postagens Relacionadas

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *