Topo

20 Janeiro 2018 1:50 pm

Cuiabano perde 33 kg para dar exemplo de saúde à filha pequena

Cuiabano perde 33 kg para dar exemplo de saúde à filha pequena

Foi após terminar um casamento de muitos anos, ter uma filha pequena para cuidar – e ainda precisar focar na faculdade e no trabalho – que o publicitário cuiabano Samuel Teixeira, de 36 anos, se viu no ápice de sua obesidade: 115 quilos.

 

A pior experiência que ele passou aconteceu há quatro anos, quando, lembra, que olhou no espelho e não se reconheceu. Foi ali que decidiu dar um basta e reanalisar a sua vida.

 

Depois deste insight, tudo começou a mudar. Ele conseguiu perder 33 quilos e saltar do manequim 52 para o 42, após reeducar a alimentação e começar a praticar exercícios físicos.

 

Samuel conta que a motivação para ter conseguido o peso atual – que ele considerada ideal – foi se tornar um melhor exemplo de vida saudável para a sua filha, que na época tinha cinco anos.

 

“Eu cheguei a 115 quilos. E aí, quando eu vi que estava usando uma camisa gigante, pensei: não sou eu esse. Aí juntou tudo: minha mãe falando, eu me olhando no espelho… E pensei que agora que eu tinha um “serzinho” que dependia de mim e eu não estava dando o exemplo para ela. Ela ia crescer vendo o pai gordo e eu não queria isso para minha filha”, contou.

 

Todo o processo para que conseguisse chegar ao corpo de hoje durou cerca de dois anos.

 

samuel

Motivação, segundo o publicitário, é incentivar a filha ter uma vida saudável

A mudança

 

O publicitário lembra que, como todo começo, foi difícil, mas que as críticas constantes de sua mãe o ajudaram a tomar a iniciativa.

 

“A minha mãe sempre falou para eu perder peso, para eu pensar na minha filha, e até que eu comecei a engordar mesmo. Aí, quando entrei na faculdade, não tinha mais aquele tempo, eu trabalhava durante o dia e fazia faculdade à noite. Você, então, acaba o dia sempre no barzinho bebendo e comendo”, lembrou.

 

Ficou pior em meados de 2013, quando ele afirma que terminou a faculdade. Então começou a se sentir incomodado por não ter mais nem roupas para usar.

 

“Eu estava bem gordinho e aquilo começou a me incomodar porque eu não tinha mais roupas. Todas que eu tinha não serviam mais, estava usando calça 52, e eu sempre usei entre 42 e 44”.

 

Samuel então começou a famosa dieta lowcarb (que consiste na diminuição da ingestão de carboidratos) e hoje mudou para a dieta flexível (que permite comer de tudo, mas sob controle).

 

“No começo foi difícil. Logo quando comecei a dieta, eu fui numa pizzaria com a minha família. Eles fizeram o pedido e perguntaram se eu não ia comer. Então saí e fui no Subway,  comprei salada, voltei e comi dentro da pizzaria. E desse dia em diante não furei. Em 3 meses, no final de 2015, perdi quase 15 quilos”, contou.

 

O publicitário afirma que começar a dieta lhe trouxe muitos benefícios, que tiveram resultado de imediato.

 

“Sentia muita dor de cabeça, indisposição, enxaqueca, náuseas, muito sono, dor no corpo. E quando eu comecei a fazer a dieta lowcarb, perdi 7 quilos só no primeiro mês. Depois mudei porque não estava mais emagrecendo, o meu organismo tinha estagnado e eu nao conseguia sair dos 96 quilos. Então mudei para a flexível, aí voltei a emagrecer novamente”.

 

Quando viu que estava emagrecendo de verdade, seu corpo estava ficando flácido, então decidiu começar a fazer crossfit.

 

A modalidade tem as características de uma atividade menos monótona e mais eficaz que os exercícios tradicionais das academias. Enquanto a musculação isola o movimento de um músculo, o crossfit trabalha todos os grupos musculares ao mesmo tempo.

 

Foco é vida saudável

 

Arquivo pessoal

samuel

Samuel agora é praticante do crossfit

Samuel afirma que sempre que alguém lhe pergunta a respeito da sua perda de peso, ele incentiva a pessoa esquecer a parte da estética e tentar aderir uma vida saudável para sempre.

 

“O que eu deixo bem claro para as pessoas quando me perguntam, é que nunca foi estética, a estética é consequência. O que eu quero para mim e para minha filha é coisa saudável. Eu estive por 34 anos só comendo besteira e tudo fora de horário. Aí pensei em dar uma chance para ver como era”.

 

“Eu falo que não é apenas uma dieta, é um estilo de vida, porque dieta você tem prazo para começar e prazo para terminar, isso tem que ser um estilo de vida para sempre”, ressaltou.

 

Hoje Samuel se considera uma pessoa feliz com seu corpo e afirma que o foco agora não é mais emagrecer e sim ganhar massa muscular.

 

“Eu me sinto bem, não quero mais emagrecer, quero dar apenas uma lapidada, falta só uma cerejinha do bolo, e eu não tenho mais pressa nenhuma, já cheguei ao meu objetivo. Hoje eu visto 42 e descendo, o peso não diminui, o que diminui são as medidas. Eu não quero mais emagrecer, só massa muscular”, disse.

 

Incentivo para a filha

 

O cuiabano contou ainda que hoje o Facebook lhe mostra fotos antigas quando estava com excesso de peso, e que as mostra para a filha de 7 anos. E ela não o reconhece.

 

“Então a imagem que ela tem de mim é de agora não de antes”, contou.

 

Quanto a alimentação da filha, ele relatou que não é severo e nem restritivo demais. Muito pelo contrário, é a menina que gosta de seguir os passos do pai.

 

“Eu incentivo, ensino, mas não sou muito ‘caxias’, porque é uma criança. Mas ela come muito bem. Se ela está comigo, não pede refrigerante, pede suco. Ela vai sempre me acompanhando nas coisas saudáveis”.

 

“Às vezes quando a busco na escola, ela vai comigo para o cross e faz questão e sabe de cor todos os exercícios e ainda me cobra se eu não vou. Vejo que ela tomou gosto pelo esporte e eu me sinto realizado, porque meu sonho é ver minha filha querer ser super saudável, porque antes da estética, sempre vem a saúde”.

 

Gazeta MT/JAD LARANJEIRA 

Postagens Relacionadas

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *